quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Jatobá: Policia Civil desencadeia mega Operação para combater a exploração sexual do menor e adolescente.




Por Jair Ferraz:


A Operação Policial Civil “Criança Feliz” tem como objetivo principal o combate à exploração sexual infantil, com aliciamento e prostituição, além da punição severa dos responsáveis desta prática ilícita, vergonhosa à sociedade, e que causa sérios danos à família.


Na manhã desta quarta-feira dia 07/10, policiais civis realizaram a Operação denominada “Criança Feliz”, na localidade indígena Caldeirão, na zona rural do município de Jatobá, micro região de Itaparica, sertão do estado de Pernambuco.
A Operação “Criança Feliz” coordenada pelo delegado de policia civil Dr. Roberto Campos, com o apoio do delegado seccional Dr. Jairo Marinho, e com a participação de Agentes de Policia Civil de várias Unidades da região, deram cumprimento a mandado de busca e apreensão expedido pelo Exmo. Dr. Adriano da Silva Araujo, Juiz de Direito da Comarca de Petrolândia, e que teve como objetivo principal combater a exploração sexual de menores e adolescentes, com a prática de aliciamento e prostituição.
Foram apreendidos vários objetos contendo em seu interior imagens eróticas e pornográficas, com a participação de menores. Os objetos apreendidos foram celulares, DVDs, revistas, pen drivers, câmeras, e outras mídias. Todos os aparelhos apreendidos serão profundamente analisados pela policia civil, objetivando identificar as pessoas adultas e menores que aparecem nas imagens.

Ao termino, a Operação Policial Civil apresentou o seguinte resultado:
- Mídias, pen drivers, revistas, DVDs, câmeras, e celulares, apreendidos por conter imagens eróticas e pornográficas com menores e adolescentes praticando atos sexuais.
- Uma arma sem registro e sem porte apreendida.
- Uma detenção em flagrante por posse ilegal de arma.
- Quatro menores de idade apreendidos.
- Apreendido um idoso com mais de 80 anos por estar se relacionando com uma menor de idade.
- Três estabelecimentos onde havia a prática de prostituição e aliciamento de menores, foram detectados e automaticamente interditados.
- Sete maiores de idade indiciados, e que responderão à processo.
- Os proprietários dos estabelecimentos de práticas ilegais prestaram depoimento na Delegacia de Policia de Jatobá, e foram liberados após a instauração de inquérito policial para apurar as responsabilidades dos menores em situação de risco.

A polícia civil chegou à conclusão que, na localidade do Caldeirão, à noite, era grande a movimentação de menores sendo aliciados, e se prostituindo, inclusive com a conivência de alguns pais.

Todos os relatos constam nos autos do processo instaurado pela policia civil, e por se tratar de caso policial com a participação de maiores e menores de idade, não foram revelados os nomes ou iniciais dos nomes dos envolvidos, em obediência à determinação legal do Estatuto da Criança e do Adolescente.



O Blog do Jair Ferraz conseguiu em primeira mão, alguns relatos estarrecedores, e de “cortar o coração” de qualquer pessoa cristã, vejamos:

1 - O relato de abuso sexual em uma criança com apenas 12 anos de idade, cuja família vive em situação de extrema carência, e que nos últimos dias circula em fotos e vídeos, a criança sendo estuprada com um pedaço de madeira, por dois rapazes, e um menor participando do abuso.
2 - O relato mais estarrecedor é o de uma criança de 9 (nove) anos de idade, que vem sofrendo abuso, e sendo assediada por um elemento de idade avançada, e que esta mesma criança tem ficado trancada várias vezes na casa desse elemento, que oferece dinheiro para chamar a atenção da criança.
3 – O relato a respeito de uma adolescente de 14 anos de idade, que frequenta um ponto de encontros de crianças e adolescentes, e que no celular dessa adolescente contém todos os vídeos e fotos nos atos de abusos.
4 – O relado a respeito de uma criança de 13 anos de idade, com histórico de abandono pela própria mãe, e que a criança não tem residência fixa, frequenta um ponto onde se faz uso abusivo de bebidas alcoólicas e outras drogas, e que a sua genitora se prostituiu na frente de quatro filhos menores. O caso está circulando no WhatsApp, e será profundamente investigado pela Policia Civil.
5 – O relato a respeito de um ponto onde há reuniões ao dia e à noite para o consumo de bebidas alcoólicas e drogas, tirando a paz e perturbando o sossego da comunidade local, e estas pessoas depois de alcoolizadas fazem sexo explícito para qualquer pessoa ver.
6 – O relato de um homem, agressivo, usuário de drogas, traficante, e que filma com seu próprio celular ato de sexo explicito com mulheres alcoolizadas, e divulga na comunidade. Segundo informações conseguidas pela policia civil, a casa desse elemento é frequentada dia e noite por crianças e adolescentes.
7 - Relato de um jovem de 20 anos de idade, que faze uso abusivo de bebidas alcoólicas e outras drogas, e que já se envolveu em brigas, e usando arma de fogo feriu uma pessoa que ainda se encontra internada no hospital.
8 – A policia civil tem o relato de que o dono de um bar na localidade promove festas com um aparelho de som conhecido por “Paredão”, causando transtorno e perturbando o sossego das pessoas até altas horas.


A Polícia Civil, Polícia Federal, Ministério Público de Pernambuco, e todos os órgãos sociais da comunidade, como por exemplo: Escolas, Conselho Tutelar, SESAI, e outros, estão trabalhando incansavelmente, dia e noite, para combater a exploração sexual de menores e adolescentes, e punir severamente os responsáveis.

Informações da Policia Civil, DP de Petrolândia.