quarta-feira, 29 de abril de 2015

Prefeito de Petrolândia é citado judicialmente, e só tem sete meses para admitir Guardas Municipais aprovados, caso contrário vai pagar multa de R$ 10 mil reais por mês.



 
Por Jair Ferraz:

Prefeito de Petrolândia é “citado” judicialmente para iniciar IMEDIATAMENTE, o processo de realização de concurso público para provimento dos cargos vagos e IRREGULARMENTE ocupados de GUARDA MUNICIPAL, devendo respeitar o limite de 7 (sete) meses para a finalização do certame, e ao final do qual deverão ser nomeados e dado posse aos candidatos.

Conforme DECISÃO judicial expedida pelo Exmo. Dr. Juiz de Direito Substituto da Comarca de Petrolândia, será fixada uma multa de R$ 10.000,00 (dez mil reais) por cada mês de atraso no descumprimento da Ordem Judicial, conforme o que determina a Lei.

A DECISÃO judicial expedida com a ordem final de “Cumpra-se”, foi datada e assinada em 04 de Março de 2015, (quase dois meses em contagem regressiva) e é referente ao processo nº 0000299-42.2015.8.17.1120. Tendo como Exeqüente o Ministério Público, e como Executado o Município de Petrolândia na pessoa do atual prefeito. 


Não precisamos dizer mais nada. Para um bom entendedor, poucas palavras bastam, cumpra-se!