quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Taxista de 19 anos de Pernambuco é preso com 'arma de guerra' na Grande Natal




Um taxista pernambucano, de 21 anos, foi detido no final do mês de janeiro ao ser flagrado transportando um fuzil de calibre 5.56. Segundo a Polícia Federal, trata-se de um armamento utilizado em guerra. A prisão aconteceu durante uma fiscalização de rotina em um posto de combustíveis às margens da BR-101, no município de São José de Mipibu, na Grande Natal.

De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Federal, a prisão contou com apoio de agentes da Polícia Rodoviária Federal. "O taxista ficou visivelmente nervoso ao ser questionado sobre o motivo da viagem", informou. "O carro, que tem placas de Recife, foi revistado e a arma encontrada sobre o banco traseiro, desmontada, porém enrolada em um pano no interior de uma bolsa", acrescentou. De imediato, o suspeito recebeu voz de prisão e foi conduzido para ser autuado na sede da PF, no bairro de Lagoa Nova, em Natal.

A PF contou que o taxista, durante o interrogatório, disse que o fuzil seria entregue para uma pessoa que que iria ao seu encontro, mas que não sabia o nome dela. Em seguida, o rapaz preferiu ficar em silêncio, utilizando-se do direito constitucional de permanecer calado. Além da prisão, a PF apreendeu o táxi, dinheiro, celulares e munição.

O suspeito foi autuado por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito das força armadas e permanece sob custódia da PF, à disposição da Justiça, onde aguarda transferência para alguma unidade prisional do estado.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário