domingo, 8 de fevereiro de 2015

Petrolândia: Mulher com proposta de curso fácil aplica golpe em alunos.



Aproximadamente 15 (quinze) pessoas, até a tarde de ontem, sábado dia 07/02/2015, já tinham procurado a Delegacia de Policia Civil de Petrolândia, Itaparica, Sertão do estado de Pernambuco, para denunciar um caso de estelionato.
Uma mulher (foto), que se identificava como “Ivana Lopes ou Borges”, oferecendo curso profissionalizante em várias categorias, inscreveu cerca de 30 (trinta) alunos, prometendo que no final do curso o aluno receberia o certificado, e uma carta direta para estágio.
O “curso falso” foi divulgado através de carro de som pelas ruas da cidade. Até o presente momento nenhum aluno conseguiu contatar a pessoa suspeita de aplicar o golpe.
Com muita esperteza, a mulher se aproximou de uma instituição pública, conquistou a confiança das pessoas, para poder utilizar as dependências do órgão, aplicar o golpe, e depois sumir sem deixar rastros.
Suponhamos que “ela” tenha aplicado esse golpe em outras cidades, e que as Policias já tenham tomado conhecimento, e já esteja a sua procura. Logo será encontrada, ainda mais com a sua foto publicada no Blog do Jair Ferraz, não tem disfarce e nem maquiagem que dê jeito!


Na inscrição que era feita mediante o pagamento da irrisória taxa de R$ 2,00 (dois reais) ou doação de 1kg de alimentos, o aluno recebia uma apostilha xerocada, e com capa improvisada.
A proposta enganosa era aplicada da seguinte forma: o curso teria a duração de 4 (quatro) meses, e o aluno optaria por uma forma de pagamento. À vista por R$ 170,00 (cento e setenta reais), ou então nos quatro meses de duração do curso, pagando R$ 80,00 (oitenta reais) ao mês. À vista o curso ficava por R$ 170,00 (cento e setenta reais), e à prazo o curso total ficava por R$ 320,00 (trezentos e vinte reais). Veja só a disparidade nos preços.
 
 
 
 
Por Jair Ferraz.
Informações da Policia Civil e Alunos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário