sábado, 17 de janeiro de 2015

Cecor construirá mais 2.025 cisternas calçadão do Projeto PE Mais Produtivo



O Centro de Educação Comunitária Rural (Cecor), ONG com sede em Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco, iniciará a construção de mais 2.025 cisternas calçadão do Projeto Pernambuco Mais Produtivo, desenvolvido pela Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária do governo do Estado (SARA), a partir de convênio com o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), em parceria com a Articulação Semiárido Brasileiro (ASA).
Atualmente, o Cecor está concluindo a primeira etapa do projeto, termo assinado em abril de 2011, com meta de 3.468 cisternas em 21 municípios dos Sertões do Pajeú, Moxotó e Itaparica. A nova meta de 2.025 cisternas serão construídas em 24 municípios dos Sertões do Pajeú e Moxotó e, segundo o coordenador geral do Cecor, Espedito Brito, “o objetivo é ampliar a capacidade das famílias envolvidas de produzirem alimentos durante o ano todo”.

Municípios beneficiados
No Pajeú serão construídas 1.225 cisternas nos municípios de Afogados da Ingazeira, Carnaíba, Flores, Iguaracy, Itapetim, Quixaba, Santa Cruz da Baixa Verde, Santa Terezinha, Serra Talhada, Solidão, Tabira, Triunfo, Tuparetama, Ingazeira, São José do Egito e Brejinho; enquanto no Moxotó serão 800 cisternas nos municípios de Sertânia, Arcoverde, Custodia, Betânia, Ibimirim, Inajá e Manari.

O projeto
Orçado em R$ 165 milhões, o Pernambuco Mais Produtivo prevê a construção de 15.500 Cisternas Calçadão, de 52 mil litros, mil terreiros de secagem, 150 tanques de pedra, 40 cisternas telhadão, 40 barreiros lonados, 9 seminários regionais e 50 visitas de intercâmbio, ampliando o acesso à água para melhorar a capacidade produtiva no universo de 17.080 sistemas familiares, atendendo aproximadamente 85.400 pessoas.

Fonte: Portal Nayn Neto

Nenhum comentário:

Postar um comentário