sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Cel. Manoel de Souza Neto, "Manoel Neto", o mais feroz matador de cangaceiro, é primo deste blogueiro.

Cel. Manoel Neto em 1973 (Foto de Josenildo Tenório)

Policial Militar Cel. Manoel Neto


Por Jair Ferraz.


O Cel. Manoel de Souza Neto, da Polícia Militar de Pernambuco, era primo legítimo e afilhado de Helvécio Gregório Ferraz Nogueira, avô paterno deste blogueiro. Manoel Neto foi conhecido como o policial que mais perseguiu o cangaceiro Lampião.
A história conta que uma vez os dois, Cel. Manoel Neto e Lampião, se encontraram dentro da caatinga, no centro do "Raso da Catarina" no estado da Bahia. Eles estavam com tanta sede que não tiveram forças para lutar. Nesta oportunidade trocaram alguns poucos tiros, e depois foram embora em sentido contrário.
Cel. Manoel Neto residiu por algum tempo na cidade de Ibimirim - PE, onde passou os últimos dias de sua vida,
Com a avançada idade de 78 anos, faleceu às 7 horas e 45 minutos do dia 3 de novembro de 1979, no Hospital da Polícia Militar, no Derby (Recife). Seu corpo foi levado para sua terra natal, sendo sepultado no cemitério de Nazaré. No jargão popular: "morreu de velho".
Eu até que me pareço um pouco com ele, só não sei se tenho a mesma coragem que ele tinha.