sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Pernambuco: Dom Fernando Guimarães celebrará 1ª missa como arcebispo militar eleito

A partir das 10h desta sexta-feira (8) será comemorada a Páscoa Militar pelo 71º Batalhão de Infantaria Motorizado, situado em Garanhuns, no Agreste pernambucano, com celebração evangélica, espírita e católica para militares e familiares. Esta última será realizada na Catedral de Santo Antônio e presidida por Dom Fernando Guimarães, nomeado arcebispo militar do Brasil pelo Papa Francisco.
Segundo o departamento de Comunicação Social do 71º BI Mtz, "a Páscoa dos Militares teve início com o retorno dos integrantes da Força Expedicionária Brasileira (FEB) ao país, após o término da Segunda Guerra Mundial, momento em que resolveram celebrar a data, mesmo fora do tempo pascal". A celebração da missa, de acordo com Dom Fernando, não difere das comumente realizadas neste período. "Mas há a entrada de militares com bandeiras históricas, depois com a bandeira do Brasil, que fica em destaque, e também se faz a oração a militares caídos em guerra", ressalta.
Nestes momentos, em outros anos, "um bispo auxiliar militar era indicado para presidir e eu acompanhava, inclusive estava tudo combinado para um vir, antes de sabermos que fui nomeado. Esse será meu primeiro ato como arcebispo militar eleito", conta Dom Fernando, que atualmente está apenas como administrador da Diocese de Garanhuns. A posse no novo cargo ocorrerá no dia 7 de outubro deste ano em Brasília.
Após este ponto, um colégio de consultores da diocese ficará responsável por nomear um administrador. Ele não terá funções de bispo, mas ficará interino até a nomeação de um - o que pode levar meses, desde a organização de uma lista pela nunciatura, envio para o Vaticano e demais trâmites.

Nomeação
Dom Fernando Guimarães é recifense, mestre em Direito Canônico na Universidade de Navarra, na Espanha, e doutor em Teologia Moral no Alfonsianum, em Roma. A Arquidiocese Militar do Brasil existe desde 1989, criada por Dom Paulo II. Foi nomeado para o Ordinariato Militar para o Brasil em substituição a Dom Osvino José Both, que renunciou por idade. Ele vai coordenar toda a atuação da Igreja Católica nos quartéis brasileiros das três Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica) e forças auxiliares (Bombeiros e Polícia Militar), bem como parentes e dependentes destes.

Da redação do Blog do Jair Ferraz