domingo, 13 de julho de 2014

Robben, da Seleção Holandesa, sorri com o terceiro lugar e fala em jogar em 2018


Arjen Robben não negou a decepção pela eliminação nos pênaltis diante da Argentina, mas valorizou a terceira colocação obtida pela Holanda na Copa do Mundo da FIFA. Um dos grandes jogadores da competição, o atacante estava sorrindo após a vitória por 3 a 0 sobre o Brasil.
"Foi a melhor maneira de terminar esse campeonato, merecemos totalmente. Ninguém esperava que a gente fizesse essa campanha. Então, foi um grande feito", afirmou o atleta de 30 anos, que se mostrou disposto a disputar o a Copa da Rússia 2018 caso o físico lhe permita.
"Estamos a quatro anos, é um tempo longo. Temos que esperar e ver. Mas, enquanto eu estiver aproveitando o jogo, enquanto o corpo estiver funcionando bem, vou continuar jogando pelo meu país. É uma honra para mim, e temos competição importante em 2016", comentou, referindo-se à Eurocopa. Especificamente sobre o triunfo sobre o Brasil, Robben viu o adversário com dificuldades decorrentes da histórica derrota por 7 a 1 para a Alemanha nas semifinais. Com um gol marcado logo no comecinho, ficou mais fácil administrar a vantagem e ampliá-la.
"Foi difícil para eles, mentalmente, depois da derrota que tiveram contra a Alemanha. Desejo a eles todo o melhor no futuro", disse o atacante, que não se ofendeu com a saída dos atletas brasileiros de campo antes da entrega das medalhas dos terceiros colocados. "Eu entendo perfeitamente que estivessem decepcionados."

Da Redação do Blog do Jair Ferraz

Nenhum comentário:

Postar um comentário