quarta-feira, 23 de julho de 2014

Pernambuco decreta luto de 3 dias por morte de Suassuna



O governador de Pernambuco, João Lyra Neto (PSB), decretou luto oficial de três dias pela morte do escritor e dramaturgo paraibano Ariano Suassuna ocorrida no final da tarde desta quarta-feira, 23, no Recife. O velório tem início ainda nesta noite, no Palácio do Campo das Princesas.

Será realizado um ato religioso reservado à família, antes da abertura do velório à visitação pública, previsto para as 23 horas, se estendendo até as 15 horas desta quinta-feira, 24. O enterro está previsto para as 16 horas, no cemitério Morada da Paz, na região metropolitana do Recife, onde está enterrado um dos seis filhos de Suassuna, Joaquim.

O candidato do PSB à Presidência da República, Eduardo Campos, cancelou a agenda de amanhã em virtude da morte do escritor. Suassuna era casado com Zélia, tia de Renata Campos, mulher do candidato.

Campos já havia cancelado a agenda de hoje e permaneceu junto à família no Recife. O candidato irá ao velório e ao enterro do escritor. "O Brasil perde a maior expressão da cultura popular brasileira. Nós perdemos um amigo, um conselheiro, uma referência de toda a vida", disse. "Ariano para nós é um tio, é um avô, é um pai, é um amigo, é um companheiro. É uma lacuna muito grande. Essa manhã me despedi dele agradecendo tudo o que ele fez por muitas gerações."

Da redação do Blog do Jair Ferraz

Nenhum comentário:

Postar um comentário