quarta-feira, 9 de julho de 2014

Em Petrolândia: Alemães assistiram ao jogo Brasil e Alemanha na Pousada Triângulo.

 Nosso amigo Alemão na porta da pousada. Ao lado o cliente vestido com a "camisa 10" já ia saindo.
 
 Brasileiros, Portugueses e Alemães.
 
Na tarde ontem, terça-feira (08/07), dois Alemães Jean e Florian, que estão em Petrolândia realizando estudos para o Projeto Innovate, assistiram ao jogo entre as seleções do Brasil e Alemanha na Pousada Triângulo, tomando uma cervejinha.
Fraternalmente alemães e brasileiros se encontraram e o clima foi de muita festa e alegria, por parte dos alemães, é claro!
Os Alemães amigos da Pousada Triângulo, faziam a maior algazarra e soltavam fogos a cada gol da Alemanha. Um verdadeiro tormento para os clientes torcedores brasileiros e para este blogueiro, que estava presente!
Ao fim do jogo, com a catástrofe sofrida pela seleção brasileira, só restava dar os parabéns aos torcedores alemães.
O Brasil que já ganhou cinco títulos em copas do mundo tem que saber perder e reconhecer a derrota. Não esperávamos que fosse massacrada, esmagada e humilhada da forma que foi.
Ainda chegamos a alertar que o Brasil não tinha Seleção para ganhar a Copa do Mundo. Víamos com clareza o quanto esta seleção brasileira não jogava futebol.
Agora não adianta mais se lamentar, temos que repensar o futebol brasileiro, do "campinho de pelada" à seleção, valorizar os clubes nacionais, valorizar o jogador que fica em seu próprio país, e trazer o verdadeiro torcedor de volta ao campo. Extinguir qualquer tipo de "torcida organizada" que só aterroriza.  Fala-se tanto em combater a descriminação, e esta seleção brasileira hoje se acabou e sucumbiu, foi a que mais descriminou os clubes e os jogadores nacionais, envergonhou o Brasil com uma derrota nunca vista antes.

Os jogadores Alemães botaram o Brasil na roda! 

 
O futebol, o esporte mais importante do Brasil, tem que ser repensando!
Quem ganhou muitas vezes, é campeão em cinco copas, também tem que saber perder e reconhecer a derrota!

Por Jair Ferraz

Nenhum comentário:

Postar um comentário