segunda-feira, 16 de junho de 2014

Serra Talhada relembra massacre do cangaço em encenação teatral


A cidade de Serra Talhada, no Sertão do Pajeú, receberá, entre os dias 23 e 27 de julho, o espetáculo "O massacre de Angico - A morte de Lampião", conhecido por ser o maior espetáculo ao ar livre do Sertão. O evento acontecerá na Estação do Forró, antiga Estação Ferroviária, e deve atrair, aproximadamente, 10 mil espectadores por noite. A entrada é gratuita.
A encenação, produzida pela Fundação Cultural Cabras de Lampião, conta a história de Lampião, sua mulher, Maria Bonita, e seus companheiros do cangaço. O foco principal da peça acontece no dia 28 de julho de 1938, ao leito de um riacho seco, em Angico, no Sertão de Sergipe, quando o grupo foi massacrado.
A história ainda mostra várias características de Lampião, como suas desavenças com o primeiro inimigo José Saturnino, o encontro com Padre Cícero para receber a patente de capitão do Exercito Patriótico e também a determinação do presidente Getúlio Vargas em acabar com o cangaço.
A peça, que tem 80 atores e figurantes, contará ainda com o diretor, ator, dramaturgo e iluminador José Pimentel. Usando efeitos especiais de luz e trilha sonora, diversas cenas do espetáculo são ligadas ao imaginário popular até culminar na morte do casal de cangaceiros.
A narrativa é construída em um palco de 50 metros de largura com quatro cenários armados no Centro de Serra Talhada.

O Massacre de Angico – A Morte de Lampião
Estação do Forró, em Serra Talhada
23 a 27 de julho
Horário: sempre às 20h

Da  Redação do Blog do Jair Ferraz

Nenhum comentário:

Postar um comentário