quarta-feira, 18 de junho de 2014

Petrolândia: 4ª CIPM apreende drogas e prende acusado de tráfico





Aproximadamente às 7 horas da manhã desta quarta feira dia 18/06, Policiais Militares da 4ª CIPM prenderam a pessoa de Vilibaldo José Alves, com 44 anos de idade, natural da cidade de Floresta, por que o mesmo comercializava drogas em sua residência localizada por trás de um motel no Bairro Nova Esperança (Sem-tetos) em Petrolândia, Itaparica, Sertão de Pernambuco.
Os Policiais fizeram a apreensão de 0,42 g de pasta base para crack, que seriam suficientes para a fabricação de 151 pedras de crack, 1 kg e 25 g de maconha pronta para o consumo, e R$ 629,00 (seiscentos e vinte e nove reais) em espécie, originários da venda de drogas.
A prisão do elemento e apreensão do material ilícito (droga e dinheiro) foi resultado de um intenso e excelente trabalho da Policial Militar, 4ª CIPM de Petrolândia, que envolveu o Serviço de Inteligência e a Guarnição Tática 403, Equipe Polígono (Operação Risco Zero).

A história é a seguinte:
“Após receberem informação do Serviço de Inteligência da 4ª CIPM, a equipe policial se deslocou até o local informado, no Bairro Nova Esperança, onde estaria acontecendo o tráfico de drogas. Quando os policiais chegaram ao local se depararam com o acusado que estava na frente de sua residência, e que ao perceber a presença da polícia correu para dentro de casa tentando se esconder. Neste dado momento os policiais o acompanharam e dentro da residência do imputado conseguiram encontrar a pasta base de crack e a maconha pronta para o consumo. A maconha estava enterrada no quintal, a 50 metros da casa.”
“Na revista pessoal foi encontrada a quantia de R$ 629,00 (seiscentos e vinte nove reais) que estavam no bolso da bermuda do acusado e ele confessou que este numerário é proveniente da venda do entorpecente.”
Para fechar com “chave de ouro” este trabalho policial militar da 4ª CIPM no combate e erradicação às drogas no município de Petrolândia, foi confeccionado um Boletim de Ocorrência, levaram o acusado para fazer exame de corpo delito e depois entregaram tudo (acusado e material ilícito) na Delegacia de Polícia Civil de Petrolândia, onde a autoridade policial civil lavrará o auto de prisão em flagrante delito e tomará todas as providências legais que o caso requer.
O imputado foi recolhido à cadeia pública da cidade de Petrolândia.

Por Jair Ferraz
Informações da 4ª CIPM

Nenhum comentário:

Postar um comentário