domingo, 15 de junho de 2014

Mais de 60 cidades de PE estariam sem delegados na jornada semanal

Mais de 60 cidades do interior de Pernambuco estariam sem delegados durante a jornada semanal nas delegacias. De acordo com o movimento dos delegados, que fez este levantamento, estas cidades estão na área da abrangência de oito delegacias seccionais.
Segundo o movimento, a jornada semanal de uma delegacia corresponde a 40 horas de trabalho de segunda a sexta-feira. Porém, os delegados estariam insatisfeitos com a remuneração de hora extra paga pelo governo estadual. Atualmente, os responsáveis pelas delegacias recebem R$ 270 para cada 12 horas trabalhadas. O ideal, segundo eles, seria ter um percentual fixado feito com base no cálculo referente aos salários. O movimento estima que com esta nova forma de cálculo, 12 horas extras trabalhadas diariamente passariam a valer cerca de 5 vezes mais que o valor pago atualmente.
De acordo com o delegado Olegário Filho, da delegacia regional de Serra Talhada, os delegados estariam se recusando a trabalhar nas cidades de abrangência dos plantões. “O prejuízo que está tendo são as cidades menores e até mesmo as cidades-sede. Infelizmente, os delegados não podem dar continuidade as investigações. Os inquéritos são instaurados e depois repassados para a delegacia regional”, explica.
Ainda de acordo com Filho, todos os procedimentos de plantão estão sendo feitos nas delegacias. “O delegado está atendendo todas as ocorrências, acompanhando os registros de Boletim de Ocorrência e também comparece ao local de crime, mas retorna para a regional assim que conseguir”, detalha.
O G1 entrou em contato com a assessoria de imprensa da Polícia Civil. Até o momento da publicação, não recebemos uma resposta.

Da Redação do Blog do Jair Ferraz

Nenhum comentário:

Postar um comentário