sexta-feira, 30 de maio de 2014

Tacaratu: Com exito Policia Civil prende cinco “almas sebosas” suspeitos da morte da senhora de 92 anos.

Policiais Civis da 189ª Delegacia de Polícia Civil da cidade de Tacaratu, Sertão de Pernambuco, receberam a informação através de uma ligação anônima, que no Sítio Olho D’Água do Julião, zona rural, um agricultor ao pastorear os seus animais, encontrou um aparelho de som que havia sido enterrado e foi descoberto pelas águas de um riacho após as chuvas torrenciais, e que o aparelho de som, provavelmente, teria sido o mesmo roubado da vítima de estupro e suposto latrocínio, uma senhora idosa com 92 anos de idade, fato que ocorreu no dia 18 de maio de 2014.

Com P e C maiúsculos, os Policiais Civis realizaram diligência até o local e constataram a veracidade da informação, apreendendo de imediato o aparelho de som que foi apresentado aos familiares que o reconheceram como sendo o aparelho roubado da vítima.

O aparelho de som foi encontrado em um local de difícil acesso e que somente existem apenas dois caminhos, o primeiro caminho pelo qual os policiais chegaram ao local e o outro caminho é o mesmo da casa dos suspeitos de nomes não revelados, pois o caso corre em segredo de justiça.

A polícia constatou que o local onde o objeto roubado foi encontrado, fica a cerca de 100 (cem) metros da casa de dois dos suspeitos de terem participado do crime, e a cerca de 50 (cinqüenta) metros da casa, onde segundo populares, houve um churrasco com as “carnes” roubadas da casa da vítima, e que teve como participante dois irmãos.

Diante das informações e das fortes evidências, após intenso trabalho investigativo, o Delegado de Polícia Civil Dr. Marcos Fidelis, representou pela decretação da prisão temporária dos suspeitos, e que foi decretada pelo Exmo. Juiz de Direito da Comarca de Tacaratu, Dr. Elias Soares da Silva, em desfavor dos suspeitos.

Com os mandados de prisão, busca e apreensões em mãos, o Delegado Dr. Marcos Fidelis, com a sua equipe de policiais civis, e coordenados pelo Delegado Seccional Bel. Jairo de Oliveira Marinho, realizou diligências no sentido de localizar e cumprir os referidos mandados, obtendo 100% (cem por cento) de êxito, conseguindo prender no mesmo dia da decretação, um total de 5 (cinco) pessoas, todas suspeitas de participação neste crime bárbaro e hediondo, e todos foram recolhidos à Cadeia Pública de Petrolândia, ficando a disposição da Justiça.

Os nomes dos suspeitos não foram revelados porque o caso corre em segredo de justiça.

Parabens a Equipe Policial da Delegacia de Policia Civil de Tacaratú, que em tempo récorde conseguiu desvendar este crime barbaro e colocar na cadeia todos os envolvidos. E que a justiça dos homens, use de todo o rigor da lei a fim de fazer com que os culpados, passem um tempo atrás das grades. A justiça de Deus já está sendo feita.

Por Jair Ferraz
Com informações da Policia Civil de Tacaratu
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário