CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Agente penitenciário é preso tentando entrar com arma em presídio

Pavilhão do Pamfa, um dos integrantes do Complexo Prisional do Curado, pegou fogo na madrugada desta terça. Local está sendo avaliado nesta manhã (Foto: Everaldo Silva / TV Globo)
Do G1 PE
Um agente de segurança penitenciária foi preso em flagrante ao tentar entrar com uma arma de fogo no Presídio Agente Marcelo Francisco de Araújo (Pamfa), no Complexo do Curado, na Zona Oeste do Recife, de acordo com a Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres). A prisão aconteceu na tarde desta quinta-feira (3).
A secretaria havia acionado a Corregedoria da Secretaria de Defesa Social após denúncias e ele foi preso portando uma pistola 9 milímetros, de uso restrito das Forças Armadas. Segundo a Seres, a arma estava dentro de uma bolsa. O nome do agente não foi divulgado pelas autoridades.
G1 tentou contato com o presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Pernambuco(Sindaspe-PE), mas não obteve sucesso.
Armas apreendidas
Revistas nos presídios de Pernambuco já resultaram na apreensão de 31 armas de fogo, somente neste ano. No dia 26 de outubro, foram encontradas duas armas de fogo no Complexo Prisional do Curado. Em 2015 inteiro, os agentes confiscaram 21 armamentos deste tipo.

Em 2016, três armas foram  aprendidas, em média, por mês, nas unidades prisionais pernambucanas. No ano passado, a média foi de duas confiscadas a cada 30 dias. Além das armas de fogo, os agentes recolheram este ano, no primeiro semestre, mais de 1.400  facas, facões e armas artesanais. Em 2015, foram recolhidas 3.500 unidades.