CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

quarta-feira, 15 de junho de 2016

Fábrica em Vitória: Curso ensina a construir com perfis de aço

Aulas do curso acontecem na sexta e no sábado, com aulas teóricas e práticas. Foto: Divulgação


Construtora oferece aulas téoricas sobre o uso da tecnologia do sistema Steel Frame capacitando interessados em aprender alternativas para dar agilidade à obras


Diario de Pernambuco
A Bonanza Steel Frame, indústria pernambucana, localizada às margens da BR-232, em Vitória de Santo Antão, está oferecendo treinamento para ensinar engenheiros, arquitetos, edificadores e interessados em construir usando aço. O curso é voltado ao uso do material no sistema construtivo CES, Construção Energitérmica Sustentável, capacitando interessados em se inserir no mercado de construção seca de edificações.
Quem ministra as aulas do curso são os engenheiros Nilson Melo, que trabalhou por 28 anos na Saint Gobain (líder mundial em soluções para a construção sustentável), e Igor Nunes, que tem mestrado em construção civil e especialização em estruturas metálicas na França.
A Bonanza disponibiliza todo material de segurança para os alunos durante às aulas práticas na fábrica, além das cartilhas para acompanhamento teórico. No primeiro dia, os participantes têm as instruções repassadas no auditório do Empresarial Janette Costa, em Boa Viagem, e somente, após a teoria, partem para a prática no galpão da indústria, em Vitória de Santo Antão. O curso acontece nesta sexta-feira, dia 17, e no sábado, 18. Mais informações pelo telefone 81.3072-8358 ou pelo contato@steelframe.biz.
Dados do setor
Pesquisa do Centro Brasileiro de Construção com Aço (CBCA) mostra que o consumo de peças metálicas vem crescendo no Brasil. Segundo estudo do Perfil dos Fabricantes de Estruturas em Aço 2015, realizado com fabricantes do produto, de telhas e painéis galvanizados, a participação do aço na construção civil tem sido responsável por 36% do consumo de todo o material produzido no País no ano passado.

As empresas da área empregam aproximadamente 30 mil trabalhadores, faturam cerca de R$ 8,9 bilhões e produzem 1,395 milhão de toneladas em 2014. Apesar do cenário macroeconômico desfavorável, projeta-se um crescimento de 5% para este ano.