CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

terça-feira, 5 de abril de 2016

Condsef se reúne com Ministério da Saúde para tratar de demandas dos servidores da Funasa



A Condsef se reuniu na última quinta-feira com representantes do Ministério da Saúde para tratar de demandas específicas dos servidores da Funasa. O primeiro ponto a ser discutido é a redistribuição dos cedidos que trabalham na assistência (médicos, enfermeiros, odontólogos etc).
Esses profissionais terão que ser transferidos para o Ministério da Saúde, já que a Funasa não possui mais a prerrogativa assistencial. Mas, o governo garante que eles serão mantidos nos seus locais de lotação.
No entanto, a transferência de alguns servidores está sendo motivo de preocupação, mais precisamente aqueles que recebem insalubridade. É que essa gratificação, específica para quem trabalha em situação insalubre, cai no momento da redistribuição. “Não temos perito (médicos do trabalho) para emitir o laudo”, explicou o diretor do Sindsep-PE e da Condsef, José Felipe Pereira.
Na reunião ficou acertado que o Ministério orientará os núcleos regionais do órgão, antes de o servidor ser transferido, para resolver ou prever no sistema. Também emitirá uma nota técnica sobre o assunto.
Na reunião a Condsef também cobrou do governo o formulário anual para pagamento da Gacen, uma emenda ao projeto de lei (PL) 555, visando à regulamentação da aposentadoria especial e a criação da gratificação de atividade em saúde para aqueles que não trabalham em campo.

Fonte: Sindisep-PE