CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

domingo, 14 de fevereiro de 2016

Petrolândia: Deputado Rodrigo Novaes (PSD) dá “aula de política” em entrega simbólica de balança no Icó-Mandantes.

Da esquerda para a diereita: Vereador Noca, ex-deputado Vital Novaes, Sr. Luiz, deputado Rodrigo Novaes, e o vereador Fabiano Marques.

Peças para montagem da balança de alta capacidade

Da esquerda para a direita: Jorge Viana, Vital Novaes, Maria Helena, Melinha, Fabiano e Rodrigo Novaes.

Momento em que o vereador Rogerio Novaes estava fazendo o seu discurso.


 Entrega simbólica da balança para pesagem de cargas.
 




Por Jair Ferraz.

Na movimentada tarde de sábado passado, dia 13/02/2016, o Deputado Estadual Rodrigo Novaes (PSD), acompanhado do seu pai ex-deputado estadual Vital Novaes, políticos e lideranças sociais dos municípios de Petrolândia e Floresta, deu uma verdadeira “aula de política” em entrega simbólica da balança de alta capacidade de pesagem de caminhões, no Projeto Agrícola Icó-Mandantes, zona rural de Petrolândia, divisa com o município de Floresta.

Além do deputado Rodrigo Novaes e do seu pai ex-deputado Vital Novaes, o Blog do Jair Ferraz registrou a presença dos vereadores Fabiano Marques, Rogério Novaes, Carlos Alberto, Noca, Jorge Viana, Zé Pezão, de Petrolândia, e Beto Souza, de Floresta, ex-vereadores de Petrolândia, e do grande empresário “Melinha”, e outros empresários e comerciantes do Município, e principalmente agricultores e produtores do Projeto Agrícola Icó-Mandantes. Registramos também a presença das pré-candidatas a vereadoras Maria Helena e Rosa Souza.

Tivemos a oportunidade e o prazer em conhecer, e conversar pessoalmente com a jovem Tainara, que aos pouco vai se destacando na vida social da comunidade Icó-Mandantes. Atualmente ela está fazendo o curso superior de História, à distância, pela FASET. Foi a jovem que com muita garra e força de vontade organizou a 1ª Missa dos Vaqueiros do Icó-Mandante, a qual foi um grande sucesso. Tainara nos revelou que gosta de política social.

Vejamos alguns trechos da fala do Deputado Rodrigo Novaes na entrega simbólica da balança de autocargas, ao Projeto Agrícola do Icó-Mandantes:

O deputado iniciou a sua fala dizendo: “Tudo que eu fizer pelas agrovilas eu ainda estarei fazendo pouco, pela confiança que recebo das pessoas desse lugar, pela atenção, pela forma como sou recebido, por todas as vezes que estive aqui. Isso me faz responsável e estimula a me dedicar cada vez mais para que a gente possa fazer dessa área modelo para o nosso sertão”.

“No outro mandato já havíamos destinado recursos para aquisição desta balança, infelizmente quando a gente destinou o recurso, o prefeito do Município foi até a Secretaria de Agricultura do Estado para dizer que já tinha adquirido uma balança através do FEM, e que não precisaria que a gente colocasse a balança, e por isso solicitou que a secretaria não executasse a nossa emenda, e por conta disso a gente ficou prejudicados. Nenhuma balança foi instalada aqui na região, as pessoas não foram beneficiadas, ficou somente na promessa e na enganação”, esclareceu Rodrigo Novaes.

Falou dos seus sonhos: “Hoje a gente concretiza um sonho. Às vezes a gente acha que só fica alegre quem recebe o benefício. A gente como político você não imaginam como é grande a nossa alegria em poder servir, em poder ajudar, em poder realizar sonhos, em poder estruturar uma região para que possa produzir, para que possa ser gerada mais riqueza, para que possa ser gerado mais emprego, como é o caso desta balança aqui, fazendo com que os agricultores deixem de perder, e com isso ganhem mais, aumentem a sua margem de lucro e, portanto, consigam produzir mais, com mais dignidade, gerando mais emprego, mais renda para a nossa região.”

Continuando o seu discurso o deputado diz: “Tenho feito uso da Tribuna por várias vezes dizendo que esta região aqui, devia ser modelo no Sertão, porque aqui mesmo com a falta de chuvas, a gente tem o Lago de Itaparica, a gente tem o Projeto de irrigação, que nos ajuda para que a gente continue produzindo e, portanto isso aqui precisa funcionar como um brinco, isso aqui precisa estar em ordem, às estradas de boa qualidade. Uma balança só não, com várias balanças, com apoio ao agricultor, com assistência técnica, com a semente, toda estruturada, para que a gente consiga produzir com qualidade. Infelizmente não é isto que se ver, eu não vou aqui colocar culpa em “A” e nem em “B”, falar da CODEVASF, falar da CHESF, falar também do Poder Público Municipal, mais todos eles são responsáveis, e a gente como Deputado Estadual, a gente pode fazer infelizmente muito pouco, a gente pode destinar uma emenda, a gente pode brigar, pode lutar, reivindicar, ir até ao Governador, ir até ao Superintendente da CODEVASF, ir ao Ministro da Integração Nacional, como eu fiz quando estava para ser fechado aqui, primeiro quando houve a mudança da empresa, era a Hidrossonda e depois com a falta de pagamento em relação a atual empresa a Plena, que estava sem receber o seu dinheiro da fatura. Estivemos lá com o Ministro Gilberto tratando desse assunto pessoalmente. Mas ainda assim é muito pouco, quem pode fazer mesmo de verdade é o Poder Executivo, seja o Governo Federal ou o Poder Municipal, e é justamente neste ponto que eu quero fazer aqui o meu registro importante: é da falta de apoio do Poder Público Municipal”.

Nesta parte do discurso o deputado estadual Rodrigo Novaes, “alfinetou” o Poder Público Municipal de Petrolândia: “É inconcebível, é inaceitável que Petrolândia, um Município que recebe mais de R$ 3 milhões de ICMS, e recebe não sei quantos mil reais de royalties da Barragem de Itaparica, a gente esteja aqui hoje reunindo pessoas para comemorar uma balança. Isso é algo muito simples, não ache que a gente está fazendo coisa demais não, isso é muito simples. Para o prefeito isso é nada. Pra mim, quando o projeto ainda chega, ainda hoje é comemorar a balança, significa a expressão mais clara da omissão, do desrespeito do Poder Publico Municipal com essa Região, com os produtores rurais dessa localidade”.

Continuou dizendo: “Infelizmente é isso! A gente vive no atraso, mais esse ano é ano de eleição, e o povo me parece ter acordado. As coisas estão acontecendo de maneira diferente. As pessoas tem visto a política de uma maneira diferente. A gente vê ai escândalos e mais escândalos. Todo dia no jornal nacional não se fala em outra coisa. É roubo disso, é roubo daquilo, é Petrobras, é lava-jato, é Eletrobrás, é BNDS, é todo tipo de coisa, de falcatrua. Basta ligar o Jornal que você tá lá, classe política no lixo, na sarjeta, e para que a gente possa mudar isso, não adianta só os políticos quererem fazer não, é preciso que as pessoas, que o povo, acredite em quem esta votando.” “Enxergue, tenha uma capacidade de enxergar o seu passado, enxergue a verdade em cada um, as pessoas que fizeram uso da política, para se beneficiar e beneficiar a si próprio, que tem vocação para a política, vocação para servir, quem gosta de ajudar as pessoas, de ser solidário”.

Neste momento o deputado dá uma aula de alto nível sobre política, leia: “Quem gosta de servir, e quem gosta de ajudar, não mede esforços não, tira do próprio bolso. Se não puder tirar do próprio bolso pede emprestado, mais faz. Ajuda o outro toda hora, é solidário, porque política não é profissão não, política é vocação, sobretudo, é missão”, finalizou Rodrigo Novaes.