CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Recife: Técnicos da Secretaria de Saúde conversam com moradores de rua.



Aproximadamente às 21 horas de ontem, terça-feira dia 17/11/2015, quando estávamos nos preparando para embarcar às 21h30mim em ônibus da cidade de Recife com destino à cidade Petrolândia, ainda no Terminal Integrado de Recife (Rodoviária), conseguimos uma matéria de um importante trabalho realizado pela Secretaria de Saúde da Cidade de Recife.
Deparamo-nos com dois funcionários públicos, um médico e uma enfermeira, que fazem parte de uma equipe de saúde do consultório na rua, composta por profissionais de diversas especialidades, e o objetivo principal destes profissionais é a população de risco, como por exemplo: moradores de rua. Os dois servidores públicos da saúde, que nos deparamos, estavam inquirindo uma pessoa adulta do sexo masculino, e que se encontrava deitado sem nenhuma proteção, e sem conforto, debaixo de uma escadaria da rodoviária (TIP).
Considerando o importante trabalho social realizado pela equipe de saúde da Secretaria de Saúde de Recife, que pode servir de exemplo e como modelo para outros municípios, como é o caso de Petrolândia, que não dá nenhum tipo de assistência aos moradores de rua, e sensibilizados, resolvemos fazer esta matéria de utilidade pública.
Conversamos rapidamente com os dois servidores da saúde, e eles nos disseram parte do trabalho que é realizado. De início são coletadas informações como o nome, idade, endereço (se for o caso), procedência, destino, e familiares.
A pessoa abordada é orientada à procurar um órgão social em determinado endereço, onde vai receber o máximo de assistência, como por exemplo: ser ajudado a fazer contato com seus familiares, e se necessário, terá assistência médica.
A partir deste trabalho, a pessoa que morava na rua, vai ter um lugar adequado onde possa dormir e passar a noite protegido, e não deitado ao chão tendo como travesseiro suas próprias sandálias, como foi o caso deste que estava sendo entrevistado na rodoviária do TIP. Vai ter também um lugar onde possa lavar as suas roupas, se alimentar, e fazer suas necessidades básicas.
Este trabalho tem também como objetivo investigar as doenças transmissíveis, e infectocontagiosas, como por exemplo: tuberculose, hanseníase, HIV, sífilis, e etc.
Aproveitamos para agradecer aos dois técnicos da Secretaria de Saúde Municipal de Recife, a atenção a nós dispensada.