CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

sábado, 1 de agosto de 2015

Brasil: Ataque a bomba contra Instituto Lula é resultado de 'intolerância'



A presidente Dilma Rousseff condenou o ataque realizado contra o Instituto Lula na noite de quinta-feira, 30, no Ipiranga, zona sul de São Paulo. Para Dilma, o ataque é inaceitável.
"A intolerância é o caminho mais curto para destruir a democracia", disse a presidente em suas contas no Facebook e no Twitter. "Jogar uma bomba caseira na sede do Instituto Lula é uma atitude que não condiz com a cultura de tolerância e de respeito à diversidade do povo brasileiro", acrescentou.
Na sexta-feira (31/08), o presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, Rui Falcão, repudiou, em publicação no Twitter, o atentado. “Inaceitável essa escalada de ódio contra o PT. Consequência da criminalização proporcionada por alguns setores da sociedade”, afirmou. Para o dirigente, o ataque é fruto de setores que insistem em propagar o golpismo, o ódio e ideias conservadoras. Além disso, ele relembrou que, somente neste ano, dois diretórios regionais da legenda foram alvo de violência em São Paulo.
Em nota, o diretório estadual do PT, presidido por Emidio de Souza, afirmou que esse ato somado a outro que ocorreram em São Paulo "refletem a escalada da intolerância e do ódio que alguns setores da sociedade e da mídia têm amplificado nos últimos meses".
"O ataque é uma agressão à nossa democracia", completou.

Fonte: Jornal do Brasil