CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Pesqueira: Católicos festejam 79 anos da primeira aparição de Nossa Senhora

(Foto: viajandotodobrasil.com.br)

Ontem (06/07) a comunidade católica de Pesqueira, no Agreste pernambucano, comemorou os 79 anos da primeira aparição de Nossa Senhora das Graças, naquele município, localizado a 215 quilômetros do Recife. Na capital, a data foi lembrada logo no início da manhã, com uma missa realizada às 6h, na Capela do Colégio das Damas, no bairro das Graças.
No município de Pesqueira, a Diocese programou a Festa de Nossa Senhora das Graças para o final deste mês, entre os dias 28 e 30 de agosto. As comemorações irão acontecer no Sítio Guarda, distrito de Cimbres, local onde ocorreu a primeira aparição de Nossa Senhora das Graças e onde foi construído um santuário. Haverá missas e peregrinações, cujo roteiro está disponível na fanpage oficial (www.facebook.com/irmaadeliacimbres).
A primeira aparição de Nossa Senhora das Graças às meninas Maria da Luz e Maria da Conceição Teixeira de Carvalho ocorreu na manhã do dia 06 de agosto de 1936, quando as irmãs haviam saído ao Sítio Guarda para colher sementes de mamona.

Olhando para o alto de uma serra, avistaram uma imagem em forma de mulher, coberta com um manto azul e branco, com uma criança nos braços, que lhe fazia sinais com a mão. Assustadas, voltaram para casa e contaram o ocorrido. Depois voltaram ao local, na companhia do seu pai, Artur Teixeira. As crianças viam a senhora, que dizia se chamar Graça, e disse: “vim para avisar que hão de vir três castigos mandados pro Deus. Diga ao povo que reze e faça penitência. O pai das garotas nada viu, nem ouviu.

A partir de então, Maria da Luz Teixeira de Carvalho, que seguiu a carreira religiosa e tornou-se freira (passou a ser chamada “Irmã Adélia”), presenciou outras aparições de Nossa Senhora das Graças. A última delas foi em 1985, quando a religiosa das Damas da Instrução Cristã foi ao santuário de Cimbres e ficou curada de um câncer.

As aparições de Nossa Senhora também foram testemunhadas pelo secretário-geral da Diocese de Pesqueira na época, o monsenhor José Kherle. Atualmente, o distrito de Cimbres recebe milhares de fiéis todos os anos, que visitam o lugar em busca de graças. É um dos locais em Pernambuco voltado para o turismo religioso.

Quem tiver interesse em conhecer um pouco mais sobre a Irmã Adélia pode acessar a fanpage www.facebook.com/irmaadeliacimbres.