CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Arcoverde - PE: Professor é encontrado morto na BR-232 em Mimoso. Ele tinha perfuração à bala.




Segundo informações colhidas, aconteceu mais um crime de morte em nosso Município , quando a policia foi acionada e chegando ao local constatou a veracidade do fato, onde estava um corpo de um homem, identificado como CARLOS FERNANDES DA SILVA TORRES, professor, residente em Arcoverde,seu corpo estava próximo de um veiculo Prisma de placa 0Y0 2933-Arcoverde.
Segundo informes de populares o veiculo estava as margens da BR 232 ali na divisa de mimoso desde a noite de ontem (sábado) tipo abandonado e hoje cedo a policia militar de nossa cidade, bem como de Arcoverde Estiveram no local e repassaram o caso para a policia civil de Pesqueira que devera investigar o caso, para esclarecer se foi um latrocínio ou vingança já que segundo informes não levaram pertences da vitima.O caso aparenta ter sido uma desova, já que o corpo foi encontrado ali na divisa dos dois Município e como teria sido vindo de Arcoverde para praticá-lo ali.

Primeira hipótese foi suicídio, diz filho de professor encontrado morto em PE

 
"A gente vinha tendo muito cuidado com a questão de suicídio. Essa foi a primeira hipótese levantada, mas logo foi descartada pela polícia por causas das duas perfurações e por ele ter sido arrastado para fora do carro", disse Thiago Torres, ao ABTV 1ª Edição desta segunda-feira (17) o filho do professor encontrado morto às margens da BR-232 em Pesqueira, Agreste de Pernambuco, no domingo (16).
O filho do professor também contou que o pai sofria de depressão. "Ele tinha se separado da esposa há dois anos e, de lá para cá, piorou da doença", relatou. O enterro do docente acontece no cemitério de Inajá, na mesma região, às 16h desta segunda.
A vítima lecionava as disciplinas de física e matemática numa escola de referência em ensino médio de Arcoverde, Sertão do estado. Alunos e colegas de trabalho ainda não estavam acreditando no que tinha ocorrido. "Não encontramos motivos para isso, para essa barbaridade que fizeram com ele", lamentou o professor Bergson Neves.

Investigações
As investigações serão de responsabilidade da Polícia Civil de Pesqueira. De acordo com o delegado regional de Belo Jardim, Eronildo Rodolfo de Farias, que cuidou do caso durante o fim de semana, a partir da terça-feira (18) as pessoas vão começar a ser ouvidas.

Entenda o caso
O professor de 57 anos foi encontrado morto às margens da BR-232. De acordo com a Polícia Militar, ele foi atingido por dois disparos de arma de fogo. Ainda segundo a PM, a vítima morava na zona rural de Venturosa. A polícia ainda não tem informações sobre a autoria ou motivação do homicídio.
De acordo com o delegado Eronildo Rodolfo de Farias, por enquanto há três linhas de investigação. "Pode ter sido vingança ou latrocínio, e também há informações de que pode ter sido suicídio, mas é bem improvável porque a vítima foi atingida por dois disparos. Estamos investigando. Vamos periciar o carro para identificar possíveis impressões digitais e ouvir os familiares".