CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

domingo, 19 de julho de 2015

Petrolândia: Caixa de proteção de disjuntor em poste na Academia das Cidades coloca em risco a vida das pessoas, principalmente de crianças

Luzes acesas as 10 horas do dia

Luzes acesas durante o dia

Caixa de disjuntor, aberta, a pouco mais de um metro de altura, ao alcançe das crianças.


Fios com contotatos expostos, colocando em risco de morte crianças que frequentam a praça da Academia das Cidades. Colocarei esta foto a disposição de quem quer que seja, para incriminar os responsáveis caso aconteça um acidente fatal por choque eletrico.

Poste de eletricidade trifásica (alta voltagem) na entrada da Praça da Academia das Cidades.

Crianças pequenas passando ao lado do poste onde "mora o perigo".

Esta foto poderá servir como documento para incrimirar o responsável pelo serviço de iluminação pública da cidade caso aconteça um acindente com morte.


O Blog do Jair Ferraz, o blog do “gato preto”, recebeu varias denuncias anônimas de que não estão sendo apagadas durante o dia, as luzes da Praça da Academia das Cidades. Temos como padrão só publicar denúncias após serem verificadas e confirmadas, ou seja, provadas. Fomos até a praça para tirar a “prova dos noves”, e constatamos a realidade, encontramos em pleno dia, por volta das 10 horas da manhã deste domingo dia 19/07, a maioria das luzes acesas, e segundo pessoas que moram próximo a praça, isto vem acontecendo há vários dias, ou mesmo meses, provando que não há preocupação da atual administração pública municipal em economizar energia elétrica, principalmente numa época em que o Brasil enfrenta uma crise hídrica nas barragens onde existem usinas geradoras de energia elétrica.
Ao chegarmos à praça, encontramos algo muito mais grave, e que coloca em risco a vida de pessoas que praticam atividades esportivas, físicas, e de lazer, principalmente crianças, que não tem muita noção dos riscos que estão correndo no dia-a-dia.
 
Prepare o coração, o caso é de estarrecer, e assustar qualquer transeunte que estiver na Academia.

No interior da praça, área pública municipal, em frente a um portão lateral que fica na Av. Vereador Manoel Pereira de Lima, há um poste de eletricidade trifásica (alta potência elétrica), onde existe um contador de energia, e uma caixa para disjuntor. É ai onde mora o perigo! A tampa da caixa dos disjuntores está quebrada, os pólos (contatos) dos fios estão expostos, onde são parafusados aos disjuntores, e com apenas 1,20 cm (um metro e vinte centímetros) de altura, suficientemente adequada para uma criançinha inocente alcançar e colocar a sua mãozinha. Todo pai e toda mãe sabe que a criança “cega” quem estar cuidado dela, e as crianças são curiosas, mexe em tudo.
As fotos aqui publicadas são provas mais do que suficientes, e cabais, para responsabilizar criminalmente em primeiro lugar o Município, e em segundo lugar o responsável direto pelo serviço de iluminação pública do Municipal, e segundo o que se fala o responsável por essa parte em Petrolândia é “Gilmar Eletricista”.

O poste em foco está numa área interna de um órgão de responsabilidade Municipal (praça pública), onde movimentam muitas pessoas de todas as idades. Pedimos a DEUS que proteja as nossas criançinhas, e o responsável pelo serviço de eletricidade pública municipal reze e ore para nada grave acontecer com alguma delas por conta desse poste, a denúncia está feita. Podemos dar uma sugestão de fácil solução: tire o poste daquele lugar, ou então aumente a altura da caixa de disjuntores para ficar fora do alcance das crianças, antes que um grave acidente aconteça.

Falou o Gato Preto.