CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Mulher sequestrada na Paraíba e estuprada em Pernambuco não corre risco de morte; bebê recebeu alta



A paraibana Caroline Teles de Oliveira Figueira, de 31 anos segue internada no Hospital Miguel Arraes, em Paulista, Pernambuco, onde passa por uma série de exames, entre eles uma tomografia após ter sido sequestrada na noite deste sábado (20) em João Pessoa e ter sido estuprada e atropelada na cidade de Goiana também em Pernambuco.
A equipe médica que acompanha a paraibana, espera o resultado de alguns exames para decidir por alguma cirurgia. O bebê de nove meses também passa bem, teve apenas algumas picadas de inseto e já recebeu alta.
O crime será apurado pela polícia da Paraíba, pelo sequestro ter acontecido no estado.

Entenda:
Duas mulheres e uma criança de nove meses foram sequestradas na noite de ontem em João Pessoa, no bairro dos Bancários, após participarem de uma festa de São João da escolinha da criança. As duas foram rendidas por dois homens em uma moto que as obrigaram a dirigir até a cidade de Goiana, nas proximidades da fábrica da Fiat. Lá elas foram estupradas e uma morreu.
De acordo com informações que circularam nas redes sociais nas primeiras horas da manhã de hoje, Glória da Silva, 42 anos, e Caroline Félix Figueira, 31, estavam desaparecidas desde ontem a noite quando saíram da festa de São João do berçário do filho de Caroline.
De acordo com informações da Polícia, as duas foram abordadas na saída da festa por dois homens em uma moto e em um carro e as obrigaram a seguirem até a BR 101, na cidade de Goiânia-PE, nas proximidades da fábrica da Fiat.
Lá as duas foram estupradas e posteriormente, os bandidos as amarraram e passaram por cima das vítimas com o carro em que elas estavam. A criança ficou amarrada no matagal próximo onde aconteceu o crime. As duas foram encontradas somente pela manhã por seguranças da usina.
Ainda segundo a PM de Pernambuco, Gloria da Silva, não resistiu e morreu no local. Já Caroline Felix foi socorrida para o Hospital Miguel Arraes, onde segundo a assessoria de imprensa, deu entrada politraumatizada, mas consciente. Ela passa por exames e possivelmente deve passar por cirurgias.
A criança foi levada para o Hospital Berlamino Correia, em Goiânia, onde também passa bem, tendo sofrido apenas algumas picadas de insetos, por ter passado a noite ao relente.

Fonte: paraiba.com.br