CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

terça-feira, 23 de junho de 2015

Homens de Petrolândia, PE, são detidos em Delmiro Gouveia, AL, com carros adulterados



A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu, na madrugada desta segunda-feira (22), em Delmiro Gouveia, sertão alagoano, dois homens, naturais de Petrolândia/PE. Um deles chegou no momento da fiscalização para auxiliar o amigo que estava sendo detido, e terminou preso pelo mesmo motivo. Ambos estavam com carros roubados.
A primeira abordagem aconteceu por volta das 3h30min. O veículo VW Gol, com placa de Salvador/BA, foi abordado no km 01 da BR 110. O condutor apresentou um Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) com indícios de adulteração. Desconfiados, os policiais analisaram outros elementos identificadores do automóvel, e verificaram que tratava-se de um carro licenciado em Conceição do Jacuípe/BA, e que havia sido roubado.
O motorista do Gol informou aos policiais que havia pegado o carro emprestado com um amigo para ir até Recife/PE e que não sabia da situação do automóvel. O irmão do suposto proprietário do carro apareceu para ajudar o amigo que estava sendo preso e chegou em um Toyota Corolla, com placa de Mauá/SP.
Os mesmos procedimentos de análise dos documentos e caracteres de identificação veicular foram realizados no segundo automóvel. Após as consultas, ficou constatado que o carro também estava com uma placa clonada, de outro veículo regular, da mesma marca, modelo e cor, mas que, na verdade, tratava-se de um automóvel licenciado em Santos/SP com queixa de roubo. O condutor informou, assim como o amigo, que ambos os veículos eram do seu irmão.
Após todos os procedimentos, os acusados, de 37 e 28 anos, respectivamente, foram presos e encaminhados, junto com os carros apreendidos, para a Delegacia da Polícia Civil em Delmiro Gouveia/AL.
“Em ocorrências como essas, os policiais precisam possuir conhecimento técnico apurado, e não se dar por satisfeitos com as primeiras análises. Como tratava-se de veículos com placas clonadas, se as consultas fossem feitas apenas por esse elemento, não seria encontrada nenhuma irregularidade.”, enfatizou o PRF Ednilson Ribeiro, chefe da Seção de Policiamento e Fiscalização da PRF em Alagoas.

Fonte: Tribuna Hoje