CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Achados e Perdidos, e documentos esquecidos no Hospital Municipal de Petrolândia





Informamos a JOSÉ CABRAL DE OLIVEIRA, filho de Odete Cabral de Oliveira, e a DANIEL PEREIRA DE FREITAS ROCHA, filho de Suzilma Pereira da Silva, este segundo residente no Sítio Serra Vermelha, município de Petrolândia, que os vossos documentos públicos de identificação (RG), provavelmente perdidos ou esquecidos, encontram-se expostos, e de fácil acesso ao público, no quadro de avisos do Pronto Socorro do Hospital Municipal Dr. Francisco Simões de Lima.
No local onde os documentos encontram-se esquecidos, pedimos informações sobre os endereços, e caso algum fosse da zona urbana, estaríamos prontos a nos deslocar até o endereço, e avisar a pessoa onde poderia encontrar e pegar o seu documento. Infelizmente não nos deram esta oportunidade, e nos impediram em prestar discretamente este relevante serviço de utilidade pública, numa cidade onde para se tirar uma carteira de identidade, do momento em que é requisitada até receba-la, são no mínimo seis meses, sem contar que ainda tem que dormir numa fila, e amanhecer o dia na frente da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Cidadania e Juventude, onde está localizado o Portal Cidadão, que é onde se tira a carteira de reservista, e a identidade.
Prontificamo-nos a encontrar os donos dos documentos perdidos e avisá-los, mais um funcionário do hospital nos disse que a própria direção mandaria um funcionário entregar os documentos, inclusive em uma ambulância, veículo com utilidade totalmente diferente. Parabéns a direção do Hospital Municipal de Petrolândia pela decisão que deixou de ser retrógada e mesquinha, logo após a iniciativa de JAIR FERRAZ, que foi a primeira pessoa a dar um “empurrão” no diretor ou na diretora do hospital, para que os documentos fossem entregues aos seus próprios donos, e deixassem de ficar expostos no quadro de avisos, esquecidos, esperando que um anjo aparecesse para resolver o problema.