CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

segunda-feira, 23 de março de 2015

Servidores se reúnem com ministro do Planejamento Nelson Barbosa




O Fórum Nacional dos Servidores Federais, composto pela Condsef e outras 30 entidades nacionais da categoria, se reuniu com o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, nesta sexta, 20 de março, em Brasília, para discutir a Campanha Salarial 2015. Esse primeiro encontro não discutiu a pauta de reivindicações do setor. Foi discutida apenas a sistemática das negociações.

A proposta do governo é negociar a pauta de reivindicações dos servidores em 90 dias, de maio a julho. O fórum dos federais quer começar as negociações em abril para concluí-las em junho, no máximo. O impasse permaneceu e o Ministério do Planejamento ficou de dar uma resposta às entidades.

Os servidores solicitaram na reunião do dia 20 que a Secretaria de Gestão Pública participe das negociações da Campanha Salarial. Atualmente, a categoria só tem negociado com a Secretaria de Relações do Trabalho, que já é subordinada à Gestão Pública e não tem poder de decisão. “A ideia é otimizar, agilizar as negociações”, explica o secretário da Condsef, Sérgio Ronaldo. O governo também se comprometeu em dar um retorno quanto a esse item.

Apesar de não ter sido discutida a pauta de reivindicações nessa reunião do dia 20, o governo já deu sinais de que quer fazer uma negociação salarial para três anos, como foi em 2012. O secretário geral da Condsef adianta que a categoria não está disposta a aceitar qualquer proposta. “Podemos discutir um reajuste escalonado em até dez anos, desde que não haja perda salarial e que os benefícios não fiquem congelados”, pontua Sérgio Ronaldo.