CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

terça-feira, 3 de março de 2015

Paulo Afonso – BA: PRF apreende dois menores armados pilotando duas motocicletas roubadas.



Revolver 32 e cinco munições.

Motocicleta XRE-300

Motocicleta CB-300

Por Jair Ferraz


A Policia Rodoviária Federal do Posto de Paulo Afonso na Bahia, aproximadamente às 14h30mim desta terça-feira dia 03/03/2015, apreenderam dois menores de 14 e 17 anos de idade, apreenderam duas motocicletas roubadas, e um revolver calibre 32 com 5 munições intactas do mesmo calibre.

A PRF foi avisada que dois indivíduos teriam assaltado uma motocicleta na cidade de Jatobá, e teriam fugido em sentido à cidade de Paulo Afonso, Bahia, pela BR-110. A equipe policial que estava de plantão saiu em busca dos suspeitos, os quais foram avistados nas margens da BR na altura do Km 01.

Os indivíduos foram abordados, e o menor de 14 anos estava na moto Honda CB-300-R, já o menor de 17 anos portava um revolver calibre 32 com 5 munições, e estava na motocicleta Honda XRE-300 que teria sido tomada de assalto na cidade de Jatobá no estado de Pernambuco.

Um detalhe: os dois menores se escondem no Bairro Tancredo Neves (BTN), de Paulo Afonso, Bahia, e estão se arriscando vindo assaltar nas cidades do estado de Pernambuco. Eles assaltam, mais não conseguem mais voltar para Paulo Afonso levando o produto do roubo.

Policiais Militares da 4ª CIPM de Petrolândia, Equipe GT-421 e Malhas da Lei, entraram no caso a partir do momento que a moto Honda XRE-300 foi tomada de assalto na cidade de Jatobá, os policiais mantendo certa distância, para dificultar o reconhecimento por parte dos assaltantes, acompanhando-os até determinado ponto, e comunicaram o fato à PRF, que se preparou para abordar os indivíduos.

Os assaltantes menores de idade, as duas motocicletas roubadas, e a arma apreendida, foram todos conduzidos à Delegacia de Policia Civil de Petrolândia, onde foi registrado um Boletim de Ocorrência, e o caso foi repassado a autoridade policial civil Dr. Roberto Campos, delegado titular da DEPOL de Petrolândia, o qual saberá quais medidas e procedimentos legais deverão ser tomados.