CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

segunda-feira, 30 de março de 2015

Mulher é flagrada caminhando nua por ruas e shopping em Porto Alegre

(Foto: Victória Righi/Arquivo pessoal)


Uma mulher chamou a atenção na manhã desta segunda-feira (30) ao andar nua por ruas do Bairro Floresta, em Porto Alegre. Após passar pela Avenida Cristóvão Colombo, ela chegou a entrar na área de um shopping.

Conforme a assessoria de imprensa do Shopping Total, ela circulou pelo pátio do estabelecimento e parou em frente a uma farmácia. Em seguida, um segurança do centro de compras pediu que a mulher se retirasse. Ela deixou o local e continou a caminhar pela rua. O ato chamou a atenção de curiosos que estavam na região.

"Eu estava chegando para trabalhar e ela passou por mim. Muita gente olhando. Foi bem estranho", relatou a jovem Victória Righi, funcionária de um comércio que funciona no shopping.

Desde o ano passado, a capital gaúcha registra uma série de ocorrências de nudez em público. No dia 2 de fevereiro, uma mulher foi vista caminhando seminua no início da noite na Avenida Ipiranga. Foi o primeiro caso em 2015. A Brigada Militar diz ter recebido um chamado pouco antes das 19h30, mas, segundo a polícia, não foi gerada uma ocorrência sobre o fato.
Em 2014, quatro casos chegaram a ser registrados em 12 dias, sendo dois deles no dia 9 de novembro. Uma mulher foi fotografada correndo apenas de tênis e boné por ruas do Centro da cidade horas antes de uma “corrida pelada” ser convocada pelas redes sociais. O evento acabou com a caminhada de apenas um homem nu.
No dia 30 de outubro, o primeiro caso foi registrado no Parque Moinhos de Vento, o Parcão, quando uma mulher praticou corrida nua até ser detida pela Brigada Militar. Uma semana depois, a lutadora de MMA que se identificou como Betina Baino repetiu a cena ao percorrer pelada um longo trecho da Terceira Perimetral em meio à chuva e aos carros. Ela também foi detida pela polícia e levada para atendimento em um posto de saúde.
Alguns eventos de nudez coletiva que não deram certo
- O primeiro ato de nudez coletiva foi marcado para o dia 9 de novembro do ano passado na Terceira Perimetral e contou com 3,6 mil confirmações de presença no Facebook. Apenas 15 pessoas compareceram e um único homem tirou a roupa: o ciclista Aldo Lammel.
- A "4ª Corrida das Peladas" estava marcada para as 17h de 12 de novembro de 2014, quarta-feira, no Parque Moinhos de Vento, o Parcão. Ninguém compareceu ao evento e, nesta data, não houve registro de pessoas nuas no local.
- Embora tenha 18 mil confirmações no Facebook, o “Correr pelada/o em Porto Alegre” não ocorreu. Isso porque a organizadora do evento, marcado para as 10h da manhã de domingo, 16 de novembro de 2014, na Redenção, declarou que a situação era uma brincadeira.
- "A Corrida Pelada no Centro Histórico", também marcada para o mesmo domingo de novembro passado, foi cancelada porque o organizador alegou acreditar que muitas pessoas banalizaram a causa nudista. Em sua manifestação pelas redes sociais, ele prometeu que continuaria a lutar pelo nudismo e disse que não "jogou a toalha".

Fonte: G1 - Rio Grande do Sul