CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Trabalhadores da construção civil encerram greve em Pernambuco


Após nove dias de paralisação o Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil e Pesada (Marreta) decidiu encerrar a greve da categoria nesta terça-feira (4). Os trabalhadores e o Sindicato da Indústria da Construção Civil em Pernambuco (Sinduscon) chegaram a um acordo e decidiram por um reajuste salarial de 9,6% e o pagamento dos dias parados. Outro benefício conquistado foi o tíquete refeição com valor mínimo de R$ 13 por dia nas empresas que não oferecem o café da manhã e o almoço aos funcionários.

O piso salarial que era de R$ 1.097,80 passará para R$ 1.203,40. Já o servente que recebia R$ 827,20 deverá receber no mínimo R$ 906,40. Para a presidente do sindicato do Marreta, Dulcilene Morais, "os trabalhadores saíram mais fortalecidos. O que fica dessa greve é a união", acrescenta.

Após dez tentativas de negociação entre os sindicatos, a greve foi encerrada em todo o estado de Pernambuco. A paralisação deixou 100% dos trabalhadores de braços cruzados, com exceção das cidades de Jaboatão dos Guararapes, Caruaru, Petrolina, Petrolândia e Garanhuns.

Fonte: NE10