CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Servidores federais preparam pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2015



A pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2015 já foi fechada. Em plenária Nacional da Condsef, realizada dias 22 e 23 de novembro, em Luziânia, Goiás, representantes dos servidores federais de todos os estados brasileiros participaram da atividade e elencaram as prioridades para o ano que vem. As demandas seguem orientação do Fórum Nacional dos Servidores Federais, que reúne mais de trinta entidades da categoria, entre elas a Confederação.
A regulamentação da negociação coletiva no setor público permanece no topo da lista de prioridades, seguida da luta por uma política salarial permanente com correção das distorções e reposição das perdas históricas, acumuladas durante o Governo FHC.
Aposentadoria digna é outro ponto importante entre as demandas. Para isso, os servidores reivindicam paridade entre os ativos, aposentados e pensionistas e a concessão da gratificação de desempenho para fins de aposentadoria com base na média dos cinco últimos anos da ativa. Hoje, ao se aposentar, o servidor só tem direito a 50 pontos, enquanto na ativa ele poderia chegar aos cem pontos. Confira ao lado, a pauta de reivindicações 2015 completa.
E, para ter a pauta de reivindicações atendida é preciso mobilização e estratégias de luta. Em 2015, os servidores federais devem redobrar a pressão sob o governo e o Congresso. A luta pelo fortalecimento do serviço público deve ficar ainda mais forte, combatendo males como a terceirização e a privatização, e impedindo que órgãos como o Ministério do Trabalho e a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), sejam esfacelados através da criação do Sistema Único do Trabalho (SUT) e do Instituto Nacional de Saúde Indígena (INSI).
Para dar continuidade ao planejamento da Campanha Salarial 2015, na Plenária Nacional da Condsef, os servidores federais decidiram realizar uma reunião do Conselho Deliberativo de Entidades (CDE) entre os meses de janeiro e fevereiro. Em março, a categoria deve realizar uma marcha a Brasília para cobrar atendimento da pauta de reivindicações 2015.
Em breve, neste informativo, serão divulgados os resultados dos encontros dos setores da Condsef. Acompanhe!

Pauta de reivindicações 2015
  • Regulamentação da negociação coletiva
  • Política salarial com correção das distorções e reposição das perdas inflacionárias
  • Paridade entre ativos, aposentados e pensionistas
  • Data base em 1º de maio
  • Isonomia dos benefícios com o Judiciário, Legislativo e Ministério Público da União
  • Retirada, do Congresso Nacional, daquelas matérias prejudiciais aos servidores e ao serviço público, bem como aprovação das matérias que beneficiam a categoria e a Administração pública
  • Extensão dos reajustes das carreiras transversais (Lei 12.277/10) a todas as carreiras e níveis
  • Gratificação de desempenho dos aposentados com base na média dos pontos obtidos nos últimos cinco anos da ativa
  • Incorporação de todas as gratificações
  • Manter as negociações das pautas específicas da base da Condsef
Fonte: