CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

domingo, 9 de novembro de 2014

Dep Estadual Rodrigo Novaes em Petrolândia: “Se o Prefeito esquece a gente, agora a gente vai esquecer ele, deixe ele pra lá.”

Deputado Estadual Rodrigo Novaes (Foto: Jair Ferraz)


Foi a Audiência Pública  para tratar do Abastecimento de Água e Saneamento do Bairro Nova Esperança - BNE, em Petrolândia, na noite de sexta feira dia 07 de novembro de 2014.


Após cumprimentar todos os presentes, e no meio dos cumprimentos ele lembra os blogueiros da cidade, principalmente este blogueiro JAIR FERRAZ, e inicia o seu discurso:
 
Parabeniza a comunidade por estar presente participando de um momento importante quando se trata dos problemas do povo do Bairro Nova Esperança (BNE), e o problema sério da falta de água.

"É bonito ver as pessoas tendo consciência cidadã, de quererem o bem de sua comunidade, o bem do seu bairro, de suas famílias, e participarem de um evento como esse, realizado pela câmara de vereadores de Petrolândia."

Fui honrosamente cumprimentado pelo Deputado Estadual Rodrigo Novaes como primo e amigo.

Na íntegra o discurso do Deputado Estadual Rodrigo Novaes, na Audiência Pública sobre o abastecimento de água do BNE de Petrolândia.

"Inicio as minhas palavras dizendo da admiração que tenho por Petrolândia. Desde muito novo ainda na Petrolândia velha, quando a gente via uma população aguerrida, vivendo com dificuldades, mas trabalhadora, uma população conhecidamente leal, correta, que lutava com seu esforço, com seu suor, para dar sustento as suas famílias, ou produzindo na área da zona rural, ou sustentando as suas famílias, no comércio, como funcionários públicos, na cidade."
 
"Petrolândia é um município diferente de qualquer outro, viveu uma situação muito diferente da realidade de tantas outras. Petrolândia ressurgiu a partir da construção da barragem de Itaparica, e ressurgiu graças a DEUS ainda mais forte. Ressurgiu uma nova Petrolândia, com uma área voltada para a produção agrícola, mas sobre tudo uma cidade planejada, um município planejado, como é reconhecida por toda a região, e a partir daí justamente por conta dessa nova Petrolândia que surgiu, o Município cresceu em muitas dificuldades. O município todo ele calçado, saneado, com escolas, com hospital, as coisas andando bem, pois bem, Petrolândia hoje é um dos municípios que mais recebem recursos em todo o estado, Petrolândia recebe R$ 7.000.000,00 (Sete milhões de reais) aproximadamente todo mês. Isso significa que se a gente considerar R$ 7.000.000,00 (Sete milhões de reais) vezes 12, isso dá R$ 90.000.000.00 (Noventa milhões de reais) praticamente. É dinheiro suficiente para que Petrolândia fosse um brinco, para que aqui a gente tivesse um projeto de desenvolvimento capaz de gerar emprego para a juventude, que a gente tivesse boas escolas com boas merendas nas escolas, e que a gente tivesse medico e dentistas nas escolas com remédios para as comunidades. Que a gente tivesse creches para as nossas crianças, que as ruas fossem saneadas, calçadas, com saneamento básico, com abastecimento de água, os idosos sendo respeitados através dos serviços de atendimento. Com nossa juventude que se perdeu através do caminho das drogas, um devido atendimento, isso aqui era para ser um brinco, projeto de habitação, para que a gente tivesse casas, para nossa comunidade, que aqui não existisse mais casa de taipa, que todo mundo vivesse com dignidade em sua família, com energia na sua casa, com água na sua torneira, com serviço médico, vivendo em tranqüilidade através de seu emprego, ao lado de sua família. Infelizmente em razão das más gestões ou da má gestão, a gente vê os absurdos acontecendo. A gente já desarmou os palanques. Ninguém tá aqui mais pedindo votos, a gente se elegeu Deputado Estadual, tive uma votação expressiva em Petrolândia e no Estado, e eu não venho hoje aqui falar em política, eu não vim aqui falar em voto, eu não vim aqui fazer nada disso, é aquela impressão que o povo tem, aquela brincadeira bispo que as pessoas dizem quando votam, que o povo diz perdi o meu valor, a gente acha que político a gente só vê de quatro em quatro anos, pois bem, eu fui eleito a pouco menos de um mês, eu estou de volta aqui a Petrolândia, cumprindo o meu papel como representante do povo sertanejo, e do povo de Petrolândia para honrar a confiança de sua gente."

"Eu quero dizer a vocês que é um absurdo que a gente tem um município, uma cidade a beira do Rio São Francisco, que fui inundada pela água, faltando água nas casas das pessoas, e ai eu quero fazer uma reflexão com vocês: a constituição prega alguns requisitos e toda administração pública deve ter. A primeira é a legalidade, tudo precisa estar dentro da lei. A segunda é impessoalidade, nada pode ser feito a bem próprio ou a bem de sua família. O terceiro é a moralidade, é preciso que tudo seja feito dentro da moral, com a correção, com a verdade. O quarto é a publicidade, tudo que é feito deve ser tornado público, as pessoas precisam conhecer, o dinheiro que é gasto, os recursos que são gastos, os convênios que são firmados, os projetos que são feitos. O quinto e ultimo, que esse eu registro e enfatizo nesse instante, é o da eficiência, eficiência que falta a atual administração para poder elaborar um simples projeto que vai beneficiar tantas famílias. Foi dito aqui pelos representantes da COMPESA, que desde o ano de 2013 o prefeito, está aqui em minhas mãos, Oficio que pede a implantação do sistema de abastecimento de água do BNE e Quadra 18 desse Município, assinado pelo prefeito do Município em 12 de dezembro de 2013, vai fazer um ano, a COMPESA não demorou não, no outro dia, dia 13 de dezembro de 2013, está aqui em minhas mãos, a carta resposta da COMPESA."

"Pois bem, passados ai quase um ano, tantos meses, meu amigo Dr. Eudes, a Prefeitura não apresenta o projeto e nem deixa que a COMPESA o faça, fica esse entrave, a COMPESA esperando que a Prefeitura porque se manifestou nesse sentido?! Apresente esse doloroso projeto, e a gente fica aguardando de mãos abanando enquanto isso não acontece."

Deputado Estadual Rodrigo Novaes (Foto: Jair Ferraz)

"Esse encontro de hoje Fabiano, que você está de parabéns por ter tido a coragem e a ousadia de trazer esse encontro pra cá, e ai eu quero fazer referência a Janailson, quando ele diz que esse bla bla bla essa conversa... Isso aqui tem importância enorme, porque através dessa conversa, através desse encontro, com representantes da COMPESA, como os representantes da comunidade do BNE, as autoridades, políticos locais, é que a gente vai sair daqui com um encaminhamento claro, a gente vai sair daqui com idéia e que todo mundo vai para a sua casa consciente de tudo que vai acontecer nos próximos meses. Eu quero dizer que eu tenho muito cuidado quando participo de uma AP, para que a gente não comece e termine do mesmo jeito, começou falando do problema e terminou falando do problema, tenha todos uma boa noite, e ai como é que fica?! E a gente vai para a casa e cadê o BNE, cadê as coisas que devem acontecer?! Cadê as ações que a gente espera?! Então de nada adianta a conversa do político se a gente não tiver ação. E o que eu quero hoje dizer aqui, é que no meio da audiência aqui, eu fui lá conversar com os representantes da COMPESA, meu amigo Dr. Augusto Cesar, que gerencia a região, e também com Luciano, e fiz a pergunta que Rogerinho fez e Jorge também fez, perguntamos se a COMPESA poderia fazer o projeto independente da Prefeitura, e ele me respondeu que sim. Pois bem, quero hoje dizer aqui que se houver qualquer dificuldade, a gente estará com Roberto Tavares que é nosso amigo, presidente da COMPESA, vou até ao Governador do Estado se for necessário, com o Governador João Lira, com o Governador Paulo câmara, para que a gente assegure que a COMPESA e não mais a Prefeitura vá fazer esse Projeto. Eu quero sair daqui, meu amigo Augusto, certo de que a COMPESA vai avocar essa responsabilidade, e vai fazer o projeto do BNE, e ai não faltará recursos porque a gente vai estar lá cobrando para a execução dessas obras, portanto se o Prefeito esqueceu vir para a reunião ou esqueceu o BNE, agora a gente vai esquecer ele, deixem ele pra lá." Neste momento do discurso houve muita euforia dos presentes.

"Então a gente deixa esse encaminhamento muito claro, que a COMPESA vai se responsabilizar pela elaboração do projeto, e pela execução da obra e daqui a três meses janeiro, fevereiro, eu sugiro ao meu presidente Fabiano Marques, que faça outra AP dessa, para a gente trazer a COMPESA mais uma vez, eu acho que é tempo suficiente, 90 dias, para que a gente tenha uma coisa mais clara, um projeto mais claro, algo que foi encaminhado, se o projeto já foi feito, se está existindo alguma dificuldade, para que a gente possa facilitar esse trabalho, eu não quero dizer a vocês e prometer que daqui para o natal sai, daqui para o carnaval sai, não se preocupe que daqui para junho sai, não é isso que estou prometendo aqui não, eu estou deixando claro que a partir de hoje a Prefeitura não vai mais cuidar desse projeto, quem vai cuidar do projeto é a COMPESA, e depois que a COMPESA fizer esse projeto a gente vai cuidar da execução dessa obra, tão importante."

"Água é vida, água é higiene, e higiene é saúde. Ninguém vive sem água, hoje ninguém vive sem um telefone celular, a gente sente dificuldade para viver sem uma televisão, quanto mais água, não há nada mais primitivo do que a água, o ser humano nunca viveu em toda a sua história sem água, seja para beber, seja para se banhar, seja para cuidar de seus filhos, para cuidar de sua moradia, de sua casa, manter a casa em ordem, eu sei o que cada dona de casa aqui deve sofrer no dia a dia, sem ter água para lavar a roupa, sem ter água para lavar o prato, às vezes não tem água nem para cozinhar. A gente sabe o que vocês passam, e é justamente por ter essa sensibilidade que a gente está hoje aqui, com um discurso firme, um discurso forte, mas que trás uma ação concreta. Vocês tenham absoluta certeza, que hoje, a COMPESA vai sair daqui responsabilizada pelo projeto, pela elaboração do projeto, e quero dizer a vocês que a Comissão de Negócios Municipais da ALEPE, pode também participar junto com a Comissão da Câmara de Vereadores no próximo encontro aqui no BNE, porque o certo é que o Prefeito venha aqui, para explicar a comunidade, para dizer o que aconteceu. Já se passou um ano. O que aconteceu para esse projeto não ter sido feito ainda?!"

"Mas não mim assusta, não mim assusta, porque eu estive lá na Secretaria de Empreendedorismo e do Trabalho no Recife, estive com o secretário Murilo Guedes, e ele disse que tinha planejado aqui, meu amigo Dr. Eudes, uma agência do trabalho para Petrolândia, e que desde o ano de 2012, a Secretaria do Trabalho espera a doação de um imóvel da Prefeitura de Petrolândia para que seja instalada uma Agência do Trabalho em Petrolândia. O que é uma agência de trabalho? É um local onde o cidadão que está desempregado, leva lá a sua carteira, vê se tem alguma empresa que está precisando, tá precisando de emprego, e encaminha para algum comercio, encaminha para uma repartição, enfim ajuda muito a população mais necessitada, aos desempregados, desde o ano de 2012 que está autorizado pelo Governo do Estado, para Petrolândia ter uma Agência do Trabalho, e não tem porque a Prefeitura que é a quem cabe da doação do imóvel, na verdade não é doação, o imóvel continua sendo da Prefeitura, a cessão para uso ela não cumpriu o seu papel. Então não me assusta também, que um ano a Prefeitura não tenha elaborado esse projeto. O que me assusta de fato e eu preciso registrar aqui, é a ausência se quer de um representante da Prefeitura aqui, para dar uma palavra. Eles podiam muito bem vir aqui, se o Prefeito não quisesse, viessem aqui, e dissesse qualquer coisa, que estava elaborando o projeto, que é um projeto técnico complicado, que o engenheiro tá fazendo, que as coisas estão andando, inventasse qualquer história, dissesse qualquer coisa, agora é inadmissível que na hora que a gente junta tantas autoridades, tantas pessoas aqui bem intencionadas, e que junta a comunidade em grande número, a gente não tem um representante da Prefeitura, para honrar aqui a sua posição, o seu papel, que todos nós esperamos, todos as dias cumprindo aqui a autoridade máxima o seu papel perante o Município, e prestar bons serviços a comunidade. Então eu encerro as minhas palavras feliz, satisfeito Fabiano, meu amigo Rogerinho, Jorge Viana, Zé Pezão, Carlinhos, Noca, a todos aqui que participam desse encontro, meu amigo Luciano, Dr. Augusto Cesar, o Bispo Dom Gabriel, a Irmã Cicera, meu amigo Silvio de Noca, Natanael, Telma e Egnalda, eu encerro as minhas palavras hoje aqui, Dr. Eudes também, encerro minhas palavras satisfeito, feliz, porque é mais um ato aqui de representação da cidadania, e que a gente chega a algum lugar, não ficou só na conversa fiada não, a partir de agora a responsabilidade pela elaboração do projeto é da COMPESA, e a gente vai estar no Recife cobrando do Governo do Estado um aporte de recursos para que a gente nos próximos meses possa vir aqui mais com outro astral, todo mundo alegre com o sorriso nos lábios, com o sorriso no rosto. Todo mundo tomado banho, de roupinha lavada, e eu orgulhoso por termos trazido água para o Bairro Nova Esperança (BNE). Muito obrigado pela atenção e vamos em frente confiantes de que a gente vai enfim encontrar a solução. Muito Obrigado."