CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Estiagem deixa cidades de PE e da PB em situação de emergência


A estiagem em alguns pontos do nordeste brasileiro continua preocupando a população e o governo federal. Só na Paraíba, 170 cidades tiveram a situação de emergência reconhecida pelo Ministério da Integração Nacional. Em Pernambuco, a falta de chuva deixou 54 cidades em alerta.
O reconhecimento foi publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira (27) e visa acelerar o processo de liberação de recursos para ações da defesa civil nos dois estados.
Na Paraíba, algumas das cidades atingidas pela seca são Jericó, Mogeiro, Juazeirinho, Nova Floresta, São Bentinho, São José do Bonfim, Quixabá, Algodão de Jandaíra e Sumé.
Já em Pernambuco, das 54 cidades em situação de emergência estão Belém do São Francisco, Ouricuri, Santa Cruz da Baixa Verde, Tuparetama e Serra Talhada.
Por conta da falta de chuva, o governo federal tem atuado em várias frentes para reduzir os efeitos da estiagem no semiárido nordestino, para isso, tem investido em ações emergenciais, obras estruturantes e linhas especiais de crédito para amenizar as perdas econômicas nas áreas atingidas pelo período de seca.

Sul

Já no sul do País, a preocupação é com o excesso de água. Após serem declaradas em situação de emergência, duas cidades catarinenses recebem recursos financeiros para ações da defesa civil.
Xanxerê contará com R$ 120 mil e Jaborá com R$ 45 mil para a execução de ações de restabelecimento dos danos causados pelas fortes chuvas.
Considerando a natureza e o volume de ações a serem implementadas, o prazo de execução das obras e serviços é de 180 dias.

Fonte: Portal Brasil, com informações da Imprensa Nacional