CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Em PE, boa fase do coco anima os produtores do Vale do São Francisco


O coco ganha espaço em Petrolina, no sertão de Pernambuco, onde os agricultores aproveitam a irrigação já instalada nos pomares de manga para diversificar a lavoura.
Há mais de 20 anos, José Eudes cultiva coco em uma fazenda que fica na zona rural de Petrolina, em Pernambuco. A produção nunca esteve tão boa como agora, os cachos estão sempre carregados.
Ele tem cerca de 600 coqueiros da variedade anão e consegue colher 190 mil frutos por ano. Cada um é vendido por R$ 0,40 e a fruta já tem mercado garantido: vai para os estados do Tocantins, São Paulo, Minas Gerais e o Distrito Federal.
A boa fase do coco na região do Vale do São Francisco vem incentivando o surgimento de novas plantações. Em uma das mais recentes, os coqueiros ainda estão bem pequenos e foram posicionados ao lado dos pés de manga, aproveitando a água do irrigador já instalado. O dono, Josivaldo Rodrigues, está confiante no cultivo, comprou mil mudas e distribuiu ao longo dos seis hectares.
A oportunidade é boa também para quem vende as mudas. Só em um viveiro, de janeiro até agora, foram vendidos 12 mil coqueiros. "A procura por mudas está grande, todo mundo quer levar uma", diz a comerciante Mirela Cavalcanti.
Pernambuco é o terceiro maior produtor de coco, com 6% da safra nacional.

Fonte: G1 - Globo Rural