CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Delegacia do Consumidor apresenta prisão de falso médico


A Delegacia do Consumidor apresenta, a manhã desta terça-feira, a prisão de um falso médico. Detalhes sobre o caso estarão sendo informados durante entrevista coletiva na sede da especializada, na Boa Vista, no Recife. O caso está sendo investigado pelo delegado Roberto Wanderley.
Em agosto deste ano, um homem que se passava por médico foi preso no município de Garanhuns, Agreste de Pernambuco. Suspeito de exercer ilegalmente a profissão, ele estaria atuando como clínico geral há cerca de três semanas em uma unidade de saúde do Bairro Boa Vista. De acordo com as investigações, o suspeito não tinha diploma, usava o registro do Conselho Regional de Medicina (CRM) de outra pessoa e havia fornecido dados falsos ao setor de Recursos Humanos da prefeitura. A polícia chegou até o falso médico depois de receber uma denúncia. Ele foi preso em flagrante e, depois de prestar depoimento na primeira delegacia do município, foi levado para a Cadeia Pública de Garanhuns, onde aguarda decisão judicial, devendo responder pelos crimes de falsidade ideológica e exercício ilegal da medicina.
Em junho passado, outro caso foi denunciado pela Secretaria de Saúde de Glória de Goitá. O suspoto médico, de nome não divulgado, atendia na Unidade Mista e foi descoberto após a transferência de um paciente para o Hospital de Limoeiro, onde foram constatados erros no prontuário e na receita. Segundo informações da Secretaria de Saúde, o médico não era contratado, mas tirava plantões aos sábados e substituía médicos que faltosos. Ele utilizava um registro médico da cidade de Ouricuri, no Sertão de Pernambuco.

Fonte: Diário de Pernambuco