CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

CONTATOS PARA ANÚNCIO: thiagoferraz@outlook.com.br

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

'Espero estar vivo para inaugurar o canal da Transposição', diz Lula


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva esteve nesta quinta-feira em Petrolina, interior de Pernambuco, para participar de caminhada dos candidatos ao governo Armando Monteiro (PTB) e ao Senado João Paulo (PT). O comício reuniu pouco mais de 1 mil pessoas. Lula desembarcou no Aeroporto Nilo Coelho no final da tarde e seguiu para o palanque armado no centro da cidade.
Lula começou seu discurso chamando atenção do público para os jovens que estavam presentes com uma urna colhendo votos para o Plebiscito Constituinte "de forma não oficial, mas simbólica" que para reforma do sistema político brasileiro. Lembrando do pouco tempo que teria devido à agenda em Recife com a presidente Dilma Rousseff, o ex-presidente falou sobre o projeto de transposição do Rio São Francisco, e se disse orgulhoso de "ver o primeiro jorrar de água do canal da transposição" em sua última visita às obras do Eixo Norte em Cabrobó, no mês passado.
- Farei 68 anos em outubro, e espero estar vivo para inaugurar o canal da Transposição. Eu sei o que é levar lata d'água na cabeça e carregar água barrenta para beber - afirmou, fazendo referência à sua infância pobre no Nordeste.
O ex-presidente tratou do Nordeste na maior parte de sua fala. Lula falou dos investimentos e conquistas realizadas em seus anos de governo, e sobre a continuidade dos projetos com Dilma.
- Para mim é uma questão de orgulho. O povo não nasceu para viver para ser tratado como pessoa de segunda categoria - enfatizou Lula, dizendo ainda que estava cansado de ver que o povo do Nordeste "só prestava servia para ser empregada doméstica ou pedreiro" em outras regiões.
Lula falou sobre os investimentos no Nordeste, e citou a criação da Universidade Federal do Vale do São Francisco, com campis nas cidades de Juazeiro (BA), Senhor do Bonfim (BA), Paulo Afonso (BA), Petrolina (PE) e São Raimundo Nonato (PI).
Lula reforçou seu apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff sem ataques aos demais candidatos à Presidência. O discurso foi encerrado com pedidos de votos aos candidatos do estado de Pernambuco. Lula seguiu para Recife onde cumpriria agenda com a presidente Dilma.

Fonte: Yahoo Notícias